www.centrocelsofurtado.org.br


Homenagem aos 80 anos de Theotonio dos Santos


Imprimir



 
 
 
Hoje, 11 de novembro, Theotonio dos Santos, associado e conselheiro do Centro Celso Furtado, comemora seus 80 anos. Nesta nota, nós prestamos uma singela homenagem a este pensador e divulgamos seus últimos livros disponíveis da Biblioteca Celso Furtado, dos inúmeros já publicados por ele: “Desenvolvimento e civilização. Homenagem a Celso Furtado”, pela CLACSO/EDUERJ, com apoio do Centro Celso Furtado, e “Teoria da Dependência: Balanço e Perspectivas”, pela Ed. Insular, que abre a série das Obras Escolhidas de Theotonio dos Santos.
Theotonio dos Santos, de forma bastante resumida, pois seu currículo é extenso, é um economista político e sociólogo brasileiro. Foi um dos formuladores da Teoria da Dependência e é um dos principais formuladores da Teoria do Sistema Mundo. Como formação, ele é mestre em Ciência Política pela Universidade de Brasília (UnB) e doutor "notório saber" pelas Universidades Federais de Minas Gerais (UFMG) e na Universidade Federal Fluminense (UFF), onde também é professor emérito. Atualmente é Pesquisador Nacional Sênior da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Presidente da Cátedra e Rede da UNESCO sobre "Economia Global e Desenvolvimento Sustentável" – REGGEN. Associado fundados, hoje é membro do Conselho Deliberativo do Centro Celso Furtado e presidente do Conselho Diretor do Centro de Educação Popular e Pesquisas Econômicas e Sociais (CEPPES). Possui inúmeros prêmios e títulos, dos quais destacamos o Prêmio Mundial de Economista Marxiano da Associação Mundial de Economia Política (WAPE), Hong Kong, em 2013.
 
SANTOS, Theotonio dos. Teoria da dependência: balanço e perspectivas. Reed. ampl.e atual.. Florianópolis: Insular, 2015. 231 p. (Obras Escolhidas; 1).
 
Uma das maiores construções intelectuais do século XX virou livro. Em “Teoria da dependência: balanço e perspectivas”, Theotônio dos Santos faz uma análise da evolução da situação sócio-econômica da América Latina, desde a década de 60 até os dias de hoje, focando a dependência dos países do terceiro mundo em relação aos desenvolvidos e sua equivocada condição de pré-capitalistas. 'Depois do descobrimento', explica Theotônio, 'o Brasil, por exemplo, foi avassalado e reestruturado para servir ao mercado europeu. Por isso não faz sentido se falar em pré-capitalismo. Nunca fomos externos ao capitalismo e cumprimos um papel importante na evolução do sistema de comércio atual', acrescenta. Neste livro, Theotônio dos Santos trata de temas de grande importância para a compreensão das relações sócio-econômicas e políticas no mundo moderno. Conceitos como exploração de trabalhadores, dependência, globalização e subdesenvolvimento são trazidos à luz de forma clara e concisa.
 
SANTOS, Theotonio dos. Desenvolvimento e civilização: homenagem a Celso Furtado. Rio de Janeiro: EdUerj, 2016. 552 p.
 
 
 
É um Tratado, no bom significado da velha expressão; destina-se a figurar em todas as bibliotecas de ciências sociais com o destaque de uma verdadeira referência dentro do grande tema universal do Desenvolvimento.
Theotonio dos Santos, um dos mais brilhantes economistas brasileiros de sua geração, com uma extensa e qualificada obra de trânsito internacional, tratou o desenvolvimento como nenhum outro estudioso o tinha apresentado até agora, como equivalência de um processo de civilização, um processo que tem direção e que compreende a evolução da humanidade como um todo. Com um detalhamento histórico e analítico maior dos aspectos econômicos – eis que é economista consagrado – Theotonio avança na apresentação de todas as outras dimensões do desenvolvimento até abrir a perspectiva fascinante que desemboca no que chama de Civilização Planetária.
Desenvolvimento é um conceito dos meados do século passado, que surgiu com um significado estritamente econômico (era desenvolvimento econômico), ligado ao crescimento da produtividade das economias e ao consequente aumento das rendas e dos produtos nacionais, e evoluiu posteriormente com a consideração de outras importantes dimensões de natureza social, cultural e política, até encontrar os derradeiros condicionamentos de natureza ambiental. Theotonio trata de tudo isto no seu livro, e transcende todos esses aspectos numa abrangência maior, de natureza histórica, que é a do processo de evolução da própria humanidade, que aponta para um estágio mais elevado, já visível para ele, que chama de Civilização Planetária."

 







Patronos

                      










Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento
Av. Rio Branco, 124, sala 1304, 13º andar | Ed. Edson Passos - Centro
Rio de Janeiro, RJ, Brasil. CEP: 20040-001

Tel.: 55 (21) 2220-1829


e-mail: biblioteca@centrocelsofurtado.org.br

Horário de funcionamento:
De 2ª a 6ª feira, das 10h às 13h e das 14h às 18h

Centro Celso Furtado © 2006 - Todos os direitos reservados